17.1.09

Bem-vinda ao mundo!


Sexta, dia 15, nasceu a minha sobrinha-neta, que hoje fui conhecer. Ela é filha da "filha" do meu irmão mais velho. Entre aspas porque não é filha de nascimento, mas enteada, filha do primeiro casamento da minha cunhada. Mas essa explicação genealógica toda não importa. O que importa é que a Giovanna é uma coisinha linda, fofa, gostosa, cuti-cuti que eu quero beijar moento e que me deu mais vontade ainda de colocar um bebezinho na minha vida...
Enquanto não tenho foto dela aqui nesse mundo, essa mostra a Gio nas últimas semanas naquele outro mundinho em que todos nós, sem exceção, já vivemos.

2 comentários:

Silvestre Gavinha disse...

Esses mundinhos, lindos que nos aparecem e como planetinhas vão tomando suas órbitas particulares.
Paranbéns.

As questões genealógicas familiares do coração são as que realmente contam.

Quando nasceu o filho do filho da minha irmã mais nova liguei para ela e disse: Parabéns minha irmã. Agora já és avó. Tás velhinha!

Ela me disse: tu também tás velhinha. És tia-avó.

- Mas se eu fosse tua irmã de cinco anos, também seria tia-avó.

Essas famílias e mundos que escolhemos são lindos. Tornam nossas histórias tão mais ricas.
Nossas vidas tão mais coloridas.

Parabéns para vocês todos.
Marie

Mari disse...

Vixe, acho que eu tô cada vez pior com esse negócio de bebê....fiquei com os olhos cheios de lágrimas ao ler eu post...guria, daqui a pouco um cuti-cuti aparece (em um futuro BEM próximo p/ ti e em um mais distante p/ mim - daí seremos felizes para sempre! Rs!)