24.9.06

Mac M...

Fazia uns bons cinco anos que eu não dava as caras em um McDonalds - desde que eu recebi um e-mail fantástico dizendo que as galinhas criadas pra fazer o Mc Chiken eram tão transgênicas que nem bico tinham. Eu fingi que acreditei e foi ótimo, provavelmente me livrei de um câncer. Bom, de qualquer forma, guiada por um comercial de TV e por dois olhos maiores que a barriga, resolvi quebrar o jejum e fui com o Gu num Mac pra comer o tal Macnífico. Queria um igualzinho o da televisão: com duas fatias de bacon redondo.
Venci as barreiras que até então me mantinham longe daquele lugar antipático, disposta a consumir sem culpa uma bomba calórica americanizada.
Pois não é que eu chego lá e descubro que ACABOU O BACON?????????????????????
Inconformada, porém com fome, pedi sem bacon mesmo. Ah, e sem mostarda também, por favor, que eu detesto mostarda. Ainda tentando lidar com a frustração de não poder saborear o tal bacon redondo, fui ao banheiro lavar as mãos e econtro um recinto nada limpo, ou como diria um autêntico manezinho, uma "imundíça". Foi o que faltava pra eu prometer permanecer pelo menos mais cinco anos longe daquele antro. E o pior é que, mesmo pagando R$16 por dois sanduíches, nem tava bom. Claro, provavelmente a melhor parte deveria ser o tal bacon redondo. Quem sabe em 2011...

3 comentários:

raul disse...

Se eu fosse você, mandaria este post pra eles. Sério.

bjão,

R.

alvarêz dewïzqe disse...

rá! muito bom esse texto.
agora, sanduíchede bacon, sem bacon!
e você conseguiu? olha, aqui na
esquina tem uma lanchonete que serve
um x-bacon, daqueles, faz tempo que
não entro num macdonalds, e nem me faz falta.

Dadivosa disse...

Esse McBacon sem bacon me lembrou que a mãe uma vez conseguiu a proeza de fazer um caldo de peixe sem peixe!!

É a tal da lei das compensações negativas, né?
É caro, em compensação não tem bacon, em compensação o lugar é aquela imundíça! hahaha

Deve fazer uns cinco anos que eu não como essas nojeirinhas também... e depois do 'Supersize Me' então! Nem a pau, Juvenal!