5.2.07

Crias

Até poucos dias meu afilhado tava aqui na Ilha passando férias (ele mora em Santa Maria, onde eu nasci). Comemoramos que ele passou no vestibular em primeiro lugar e me dei conta de que o conheci recém-nascido, a-do-raaa-va cuidar dele quando era pequenininho. Às vezes acho que vou ser boa mãe.
Só que tem outros momentos que me vejo totalmente fora do papel. No chá de bebê que fui, por exemplo, teve um momento que uma das nenês começou a chorar a plenos pulmões. A primeira coisa que eu imaginei foi a cara dos meus gatos, correndo um pra cada lado, se fosse aqui em casa. Ai de mim!

3 comentários:

Dauro Veras disse...

Seus gatos vão se acostumar, pode ter certeza. E você também ;) O Branquito adora os meninos. Sempre procura estar perto de onde eles estão brincando, mesmo correndo o risco de levar uns carinhos meio brutos do Bruno. Dia desses peguei ele fazendo o mesmo que fazia com o Miguel: lambendo a cabeça do neném.

Cristiane Fontinha disse...

Antes de você ganhar bebê eu deixo a Lígia um dia na sua casa. Os gatos vão acostumar rapidinho:)

Mari disse...

Ai Aline, só tu mesmo p/ estar no meio de um monte de bebês e pensar em gatos!! rsrsrsrrsrs!!! Beijo.