16.1.11

Mamãe batuta

Minha mãe tem todas as virtudes do mundo, mas não é lá muito atenta - o que de vez em quando é diversão garantida.
Um tempo atrás estávamos no carro e ela tirou um flyer da bolsa pra mostrar pro Igor. Era de um show do rapper Fifty Cent (escrito 50 cent): "olha, vai ter esse show internacional a preço simbólico, só cinquenta centavos!".
Outro dia ela entrou num banheiro de um restaurante, daqueles cheios de espelho e tinha uma mãe trocando o bebê. Ela viu aquela imagem refletida e exclamou: "Ai, quanto neném!". Ainda bem que a mulher era gringa, não entendeu nada.
Semana passada ela se mudou e resolveu acender uns incensos pra aromatizar o novo lar. Por engano, acendeu uma daquelas velinhas mágicas de aniversário, foi aquele escândalo de faísca e ela dá-lhe rir da própria cara.
E hoje, fui com ela pegar uma praia no final, de tarde. Teve um momento em que ela comentou: "Nossa, tá fazendo 33 graus". Tava quente, mas não tanto. Mas ficou por isso mesmo. Na volta vi a placa de um bar no caminho. O NOME do bar era 33º...
Valeu, mãe! Tive a quem puxar...
; )

2 comentários:

Ligia Moreiras Sena disse...

ahahahahahahha, morri!
Não posso falar nada. Faço essas bizarrices direto.
Adorei conhecer sua mãe hoje, ela é super simpática né? Teve mesmo a quem puxar, amiga.
Beijocas

Glaucinha disse...

hahahahaha muito legal...amei tua mãe...está na hora de fazer um livrinho com as peripécias dela para presentear a família.
adorei. rsrs
BEIJOS meu e do SAMUEL que tá na portinha.... logo nasce.