21.7.09

Mulher é bicho esquisito

Hoje de manhã fui parar numa clínica por conta de uma dor agudíssima no ovário. A impressão que eu tinha é que alguma coisa havia estourado ali dentro. Doía pra andar, se virar na cama e mexer as pernas. Depois de descobrir onde tinha plantão ginecológico (na Santa Helena), ser atendida, fazer ultrasson, descobri que não era nada. Ou melhor, nada grave. O que me deu foi a tal de ovulação dolorosa. No máximo associada ao rompimento de um pequeno cisto, não deu pra precisar direito.
Na internet achei quase 30 mil registros pra essa ovulação que dói, que é cientificamente chamada de ou Síndrome de Mittelschmerz (que significa "dor no meio"). E uma amiga minha do trabalho disse que já teve uma de suar frio.
Ou seja: além da tensão PRÉ menstrual, da SEMANA das "regras", propriamente dita, ainda tem a dor do meio. Ou seja, de quatro semanas no mês, UMA está a salvo.

4 comentários:

Alexandra disse...

Oi Aline! Não quero ser inconveniente nem estragar surpresinhas legais ... er... mas... EU PASSEI A TER ESSA DORZINHA CHATA ASSIM QUE COMECEI A TENTAR ENGRAVIDAR. PRONTO. FALEI.

Clarissa disse...

Oi Aline, tudo bem?
Volta e meia eu e o Márcio damos uma espiada por aqui, e não resisti quando vi o que você escreveu sobre a ovulação...pior é que além da dor, muitas mulheres sofrem com um edema (inchaço) que logo continua com o do período pré-menstrual. Uma beleza!
Vou te mandar por email um material bem interessante. Um beijo!

Anônimo disse...

tenho 48 e eu passei por isso duas vezes seguidas agora, nos últimos dois meses. Fui parar no hospital com dores iguais às de parto. Só melhorando com a aplicação de um remédio à base de morfina. E ninguém no hospital sabia dizer o que era já que todos os exames deram normais. Despoi, com a minha ginecologista descobri que tinha a "síndrome do meio" e vou começar a tomar pílula ininterruptamente para não sentir mais essa pavorosa dor!!!

Anônimo disse...

tenho 48 e passei por isso duas vezes seguidas agora, nos últimos dois meses. Fui parar no hospital com dores iguais às de parto. Só melhorando com a aplicação de um remédio à base de morfina. E ninguém no hospital sabia dizer o que era já que todos os exames deram normais. Depois, com a minha ginecologista descobri que tinha a "síndrome do meio" e vou começar a tomar pílula ininterruptamente para não sentir mais essa pavorosa dor!!!