16.10.07

Ravel na tarde

Nesta tarde, em meio a tributos, arrecadações, impostos e incorporações, eis que adentra ao recinto fazendário um agradabilíssimo som de violinos, tocados por dois rapazes, em homenagem à semana do servidor. O Bolero de Ravel foi a trilha escolhida para dasanuviar nossa tarde nublaba. Bela iniciativa.
Assim que os músicos deixaram o recinto, um dos diretores abriu a porta da sala, ao ouvir os aplausos, perguntando o que estava acontecendo. Recebida a explicação, ele disse: "pensei que fosse uma nova campainha de celular".

Um comentário:

Mari disse...

Ai meu Deus....socorro!