21.2.07

Crueldade

Essa historinha é pra quem tá de ressaca e daria tudo pra não ter que trabalhar nessa quarta-feira de cinzas:
Semana passada fui ao Floripa Shopping prum almoço de trabalho. Como moça limpinha que sou, após a refeição fui ao banheiro escovar os dentes. O ambiente era gelado e impecavelmente limpo. O som ambiente era altíssimo, uma música americana desconhecida. No centro do banheiro, uma senhora estava sentada imóvel num pufe, vestindo um uniforme. Ficou me observando silenciosamente, enquanto eu me perguntava se ela estaria trabalhando ali, afinal, o ambiente não tinha nem vestígio de sujeira. O frio era demais, o ar-condicionado deveria estar no máximo. Antes de sair, não resisti e perguntei.
- A senhora trabalha aqui?
Ela afirmou que sim com a cabeça e completou:
- Fico o dia inteiro, ainda vou até às 18h.
Fiz cara de pena e saí, horrorizada.
Imagina um trabalho desses, ficar 8h dentro de um banheiro gelado. E a única coisa que tem pra fazer de vez em quando é limpar privada.
Viu como teu emprego é legal?

2 comentários:

Dora disse...

E pensando de novo querida: antes isso do que ficar desempregada.

Desemprego ainda consegue ser mais cruel do que qualquer outra coisa.

Abraço!

Mari disse...

rsrsrsrsrsrrsrsrsr...muito boa essa!!! Beijinhos.