30.8.06

Cara de paisagem

Essa expressão aí é meio nova pra mim, mas eu adoro. É aquela cara sem expressão que as pessoas fazem quando querem fingir que determinado assunto não é com elas.
Mas acho que se aplica a uma outra situação: quando uma pessoa tem uma cara que não é gravada com facilidade pelas outras. Eu acho que tenho cara de paisagem. Logo eu, que me orgulho de nunca esquecer um rosto. Mas é impressionante: vez ou outra me pego sendo re-apresentada a uma pessoa que eu já conhecia. Principalmente entrevistados. Por mais que eu tenha conversado com o sujeito ou sujeita, passa um tempo, eles esquecem do meu rosto. E lá vou eu de novo: "eu sou a Aline, que trabalha em tal lugar. A gente se conheceu em tal ocasião, lembra?". Nossa, ter cara de paisagem é um saco. Hoje mesmo, tive que passar por isso com um colunista. Toda vez que encontro com ele, a criatura faz aquela cara de "acho que te conheço de algum lugar", e lá vou eu esclarecer DE NOVO quem eu sou. E ainda tenho que ouvir um "muito prazer". Aposto que com a Gisele Bundchen não acontece isso.

5 comentários:

fernanda disse...

eee! que bom que você voltou a escrever mais... tava sentindo falta, já. e agora vou ali correndo botar a leitura em dia. quanto à cara de paisagem... sou suspeitíssima pra falar, porque comigo acontece o contrário. eu é que não lembro dos rostos das pessoas. é uma vergonha que vcoê não imagina! geralmente as pessoas se lembram da minha cara, mas eu não me lembro das delas. qual seria o oposto da cara de paisagem? cara de escritório? cara de lavabo? cara de "cômodo"?
beijão e continua com esse blog que tá bom demais!

raul disse...

Êita!! Matou a saudade da galera!
também, com tantas mudanças, o que não falta é assunto.

Conheço um desses ditados que adoro: "passarinho que acompanha morcego, acorda de cabeça pra baixo."

O outro é "se fazer de samambaia".

Bjão,
R.

Mari disse...

Ai, nem fala "dessa cara de paisagem"....isso já foi tema até da minha análise..rs...preciso aprender a fazê-la (apesar de achá-la péssima!!!). É a vida, não?! Beijos.

Dauro Veras disse...

Voltou, que bom!!! Feliz Dia do Blog pra você.

João Debiasi disse...

Aline RI PRA CARAMBA com esse lance de cara de paisagem!!!
Me fez lembrar uma vez que ouvi duma amiga que trabalhávamos juntos. Ela era responsável em passsar alguns procedimentos aos estagiários e eu ficava só na escuta quando ela mandou pruma estagiária que não tinha entendido direito uma tarefa em sotaque beeemmm maneziho: "Qui é? Num intendessi? Ficax mi olhandu com cara de cachorro quando anda di canoa..." Nem preciso dizer que eu quase cai da cadeira!

Bjs

João